Políticas do CUS

16 Setembro 2016 In Notícias

 

Duas pessoas que integram o grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS) participam de dois eventos nos próximos dias. No dia 21 de setembro, às 19h, a pesquisadora Viviave Vergueiro (foto) irá integrar o I Ciclo de Palestras Direito, Crítica e Sociedade, sobre o tema Gênero e Multiplicidade, no auditório Jorge Amado, da Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus. A realização é do grupo de pesquisa Jurisdição constitucional, hermenêutica e democracia.

Já Djalma Thürler participará de uma mesa redonda no dia 28 (quarta-feira), das 18h30 às 20h30, sobre o tema Cultura LGBT fora do armário: identidades e representações, no auditório do PAF 5 da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A iniciativa é da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Mais informações sobre os dois eventos nos seguintes endereços:

https://www.facebook.com/ciclodepalestrasdireitocriticaesociedade

https://cidadaniaculturaldabahia.wordpress.com/2016/09/13/cultura-lgbt-e-tema-da-2a-edicao-do-cidadania-cultural-em-debate/

Compartilhe

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn
06 Setembro 2016 In Notícias

 

Amara Moira lança, na próxima sexta, dia 9 de setembro, às 18h, no auditório do Pavilhão de Aulas 5, do campus de Ondina, na Universidade Federal da Bahia, o seu livro E se eu fosse puta?
A atividade ainda contará com uma mesa redonda formada pela autora, que é doutoranda em crítica literária pela Universidade de Campinas, e por Viviane Vergueiro, pesquisadora e ativista transfeminista ligada ao grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade, e Keila Simpson, ativista travesti. "E se eu fosse puta é o quê? Você leitor que me diz. Tem um pouquinho de tudo, mas sobretudo verdade, dessas que a gente gosta bem escondidinha, debaixo do tapete, o dia a dia da rua, a barganha, o homem depois de gozar", conta Amara.

Segundo ela, o livro trata da sua experiência na prostituição e de um "corpo que não tem lugar, corpo que se fazia à revelia das regras, das normas, corpo que se prestava pra sombra, essa era eu e eu não fazia sentido, sequer sabia aonde eu queria chegar. Quem me entendia? Esse livro é sobre a escolha que não faz sentido, esse livro é sobre buscar porquês. E se eu fosse puta? E se eu fosse você?", pergunta ela.

A atividade está sendo organizada pelo grupo Cultura e Sexualidade (CUS), do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, da Universidade Federal da Bahia.


E se eu fosse puta?

Autora: Amara Moira

Editora Hoo - 216 páginas

R$ 35,00 (pagamento apenas em dinheiro)

Quando: 09/09/2016 (sexta) - 18h

Onde: auditório do PAF 5 - Campus de Ondina - UFBA

 

 

Compartilhe

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Login