Políticas do CUS

​Professora Denise Carrascosa será mediadora da discussão

 

Literatura e poesia como espaços de reflexão para questões ligadas à sexualidade e gênero. Esse é o tema do Encontro de Diálogo Interdisciplinar (EDI), que acontece no próximo domingo, 6, às 13h30, no auditório A do PAF 5, no campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA).  O evento será mediado pela professora e pesquisadora Denise Carrascosa, em parceria com o músico e escritor Luís Capucho.

Com foco no tema linguagens, o EDI faz parte da programação do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero, que terá início na sexta-feira, 04, e segue até dia 07. “Tenho expectativas de que possamos conversar sobre literatura e o modo como escritor@s contemporâneos estão lidando com a narrativa ou a poesia sobre suas próprias experimentações com seus corpos e seus papéis sexuais”, afirma a professora Denise Carrascosa, que pesquisa Literatura e Cultura.

Segundo a professora, o EDI será uma oportunidade para os interessados na área explorarem as formas de linguagem que têm fissurado papeis binários de gênero (masculino/feminino), além de lidar com novas estéticas do prazer. A intenção é ser algo motivador, com participação do público e dentro do tema central do Desfazendo Gênero, que envolve as dissidências de gênero e sexualidade. “E muito disso será a partir dos livros do Luís Capucho”, afirmou.

O escritor Luís Capucho apresentará aos participantes o Poema Maldito, seu terceiro e mais recente disco. Com três livros publicados, o artista é conhecido por inserir temáticas de gênero e sexualidade como centrais nas suas produções. "No livro Cinema Orly, por exemplo, o primeiro tema é a clandestinidade do sexo gay dentro de um cinema pornô nos anos 90. E nos outros trabalhos, literários ou não, a sexualidade é um tema constante, de forma mais declarada ou como uma questão embutida, que não aparece centralmente, mas está contribuindo na estética", sinaliza Capucho.

 

O EVENTO – O Seminário Internacional Desfazendo Gênero foi criado em 2013, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, pelo núcleo Tirésias, à época coordenado pela professora Berenice Bento. A proposta foi a de criar um espaço específico para os estudos e ativismos queer no país.

Logo após o término da primeira edição, em Natal, o Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade (CUS), vinculado ao Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT – UFBA), assumiu a missão de realizar a segunda edição em Salvador. Capitaneado pelo professor Leandro Colling, o CUS é formado por alunos e alunas de graduação e pós-graduação que desenvolvem pesquisas na área.

Serviço

O que: Encontros de Diálogos Interdisciplinares – Linguagens & Sexualidade

Quando: 06 de setembro.

Onde: auditório A, no pavilhão de aulas 5, das 13h30 às 17h30.

Evento integra a programação do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero.

Programação completa no http://www.desfazendogenero.ufba.br/      

Compartilhe

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Política de saúde integral à população LGBT e despatologização das sexualidades. Esses são os principais temas, dentre outros, que serão abordados na roda de conversa temática sobre saúde e sexualidade, que acontece na próxima sexta-feira, 04, no primeiro dia da programação do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero. O evento seguirá até 07 de setembro, no campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O encontro será no auditório B, no pavilhão de aulas 5, das 13h30 às 17h30. À frente da discussão estará o professor e pesquisador Wiliam Siqueira Peres, que atua nas áreas de psicologia e estudos de gênero, e a psicanalista e professora Thereza Coelho, doutora em Saúde Coletiva e autora do livro “Transexualidades: um olhar multidisciplinar”. A roda de conversa é apenas uma das sete que integram a programação. Por serem divididas em eixos temáticos a partir de um olhar inter e transdisciplinar, essas rodas foram batizadas de Encontros de Diálogos Interdisciplinares (EDIs).

O objetivo é incentivar reflexões acerca das questões de gênero e sexualidade. No caso do EDI focado em saúde, a proposta é interagir com o público em um debate pautado em assuntos como o acesso ao sistema de saúde e os cuidados ligados à saúde mental dessa população. O desafio será colocar as diferentes perspectivas e áreas do campo da saúde em diálogo, em torno de questões amplas e complexas, como as ligadas às expressões eróticas, sexuais e de gêneros. Um dos assuntos mais importantes é a despatologização das sexualidades.

Thereza Coelho participará do EDI - Saúde

“O acesso democrático aos dispositivos de saúde que se dizem ‘para todas e todos’ nem sempre ocorre de fato. Problematizar as práticas em saúde, em especial as questões voltadas às sexualidades e gêneros, abre possibilidades de ampliação para o acesso a bens e serviços de qualidade em que as pessoas possam ser reconhecidas e respeitadas independentemente das marcas das desigualdades sociais”, comenta a pesquisadora Thereza Coelho. 

Wiliam Peres estará no EDI - Saúde

Thereza Coelho – Formada em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestra e doutora em Saúde Coletiva, com ênfase em Ciências Sociais em Saúde. É autora de diversas publicações, como o livro “Transexualidades: um olhar multidisciplinar”. Desenvolve hoje pesquisas ligadas às práticas e concepções dos processos Saúde e Doença, assim como uma pesquisa dos múltiplos aspectos pertinentes à transexualidade. É professora do bacharelado interdisciplinar em Saúde da UFBA.

Wiliam Siqueira Peres – Formado em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), é doutor em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com pós-doutorado em Psicologia e Estudos de Gênero pela Universidade de Buenos Aires. Conta com vasta produção bibliográfica no Brasil e no exterior. É autor do livro “Travestis Brasileiras – Dos Estigmas à Cidadania”.

 

 

Serviço

O que: Encontros de Diálogos Interdisciplinares – Saúde & Sexualidade

Quando: 04 de setembro.

Onde: auditório B, no pavilhão de aulas 5, das 13h30 às 17h30.

Evento integra a programação do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero.

Programação completa no http://www.desfazendogenero.ufba.br/

Compartilhe

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Login